MENU

Comentários (0) Bom Saber, Curiosidades

Idade de Ouro

Nada como fazer 18 anos. Neste ritual de passagem para a vida adulta, o mundo parece abrir suas portas, oferecendo todas as suas possibilidades e misteriosos caminhos que nos levam à difícil, porém excitante, fase de amadurecimento. Uma dessas deliciosas conquistas é o fato de finalmente podermos tomar uma cerveja com os amigos num bar sem dever, de fato, explicação aos pais ou ao Estado. Acontece que em certas partes do mundo não é bem assim que funciona…

Embora os 18 anos sejam a idade legal para o consumo de bebidas alcóolicas no Brasil e em grande parte do planeta, existem lugares no mundo que fogem à esta regra. Segundo o portal IARD, sigla em inglês para Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas – que reúne a informação de consumo e venda de álcool em mais de 180 países – tanto a Etiópia quanto a República Centro-Africana permitem a venda de bebida alcóolica a pessoas acima de 15 anos de idade. Isso não significa que elas possam simplesmente ir ao bar e tomar uma cerveja, mas que elas têm direito de comprar o produto e levar à casa.

Talvez por conta do calor e da cultura praieira, a região do Caribe também parece ser mais flexível em relação à venda de cerveja a menores de 18 anos: nas ilhas de Antígua & Barbuda, Cuba, Dominica e São Vicente, 16 anos parece ser a idade suficiente para ter no seu RG para poder aproveitar um drink alcoólico num bar ou espaço público.

Já se você for um adulto formado, casado, com filhos (e quiçá netos!), entre 18 e 150 anos no Afeganistão, Barém, Brunei, Irã, Iraque, Líbia, Sudão e Iêmen, não há garçom que vá lhe servir uma gelada. Nem que você peça de joelhos. Isto porque nestes países, e mais alguns outros, a sharia – lei islâmica – é levada a sério. A venda e o consumo de álcool estão totalmente proibidos, senão parcialmente vetados aos muçulmanos. A pena pela infração nestes lugares varia desde a prisão até humilhantes chibatadas em praça pública.  

Agora, você deve imaginar que estamos falando apenas de micro países e lugares tão distantes quanto à nossa imaginação, não é mesmo? Errado. Você ficaria de boca aberta se soubesse que, por exemplo, um adolescente de 14 anos pode beber na Alemanha – a meca da cerveja. Lá, um adolescente acompanhado dos pais tem o mesmo direito de tomar uma cerveja quanto um adulto de 18 anos no Brasil. Desacompanhados, esta idade sobe para os 16 anos. Os estabelecimentos que por ventura ousarem transgredir alguma das leis mencionadas acima podem ser penalizados em até 4 mil euros, o equivalente a 17 mil reais na cotação atual.

Se você mora no Brasil e cumpriu 18 anos este ano, parabéns, seja bem-vindo(a) ao clube dos cervejeiros! Porém, para mais além da idade legal ou do país onde você se encontra, uma coisa é certa: beber cerveja envolve responsabilidade. Por isso, beba com moderação para poder seguir aproveitando outros tantos bons anos de brindes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *