MENU

Comentários (0) Beerfood, Carnes

Um cordeiro divino

Agnus Dei, ou “Cordeiro de Deus” em latim, representa na liturgia católica como o símbolo de Jesus Cristo, aquele que foi sacrificado para salvar a Humanidade do pecado original. Segundo o cristianismo, foi ele – Jesus Cristo – que possibilitou o fim dos sacrifícios de animais por ter se oferecido a Deus em nome de todos os pecadores.

Hoje em dia, para a nossa felicidade, a carne de ovelha e de cordeiro passou a cair no gosto do brasileiro. Segundo o portal Canal Rural UOL, a demanda por este tipo de carne é muito maior do que a própria oferta em solo nacional, o que faz com que ela tenha que ser importada de outros países.

Para Sarita Bonagurio Gallo, professora de Pequenos Ruminantes da FZEA/USP em reportagem ao portal Milkpoint, um dos principais problemas atualmente no Brasil é a falta de diferenciação e exigência do consumidor brasileiro frente às carnes de ovelha e cordeiro. Segundo ela “o carneiro é o animal adulto e o cordeiro é o animal com até um ano de idade. A qualidade da carne é influenciada pela idade do animal, pelo peso de abate, nutrição, sistema de manejo (pasto, confinamento), sexo e raça”. Em referência a um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Zaragoza, na Espanha, a professora reitera que enquanto “o sabor e aroma da carne é mais intenso nos animais mais velhos, principalmente nos animais abatidos com mais de um ano de idade, ou seja, a carne de cordeiro tem odor e sabor mais suave que a carne de carneiro”.

Sendo assim, é hora de aproveitar a estação da boa comilança para experimentar um novo sabor, certamente divino.


Cordeiro na Cerveja

Ingredientes

  • 1 kg de carne de cordeiro
  • 1 colher de farinha de trigo ou maizena
  • 8 colheres de sopa de óleo
  • 2 dentes de alho grandes com casca
  • 6 g de alecrim
  • 125 ml de creme de leite ou meio pacote
  • 300 ml de cerveja
  • 1 cebola grande
  • Sal a gosto
  • 200 ml de água ou uma xícara
  • 2 folhas de papel toalha

Modo de preparo

  1. Primeiro passo coloque o seu forno para aquecer a 180ºC
  2. Lave a carne com água e seque com papel toalha
  3. Passe sal e pimenta-do-reino na carne toda
  4. Coloque o óleo para esquentar e coloque a carne, o alecrim, a cebola, o dente de alho inteiro com a casca na panela
  5. Deve ser uma panela ou frigideira que não grude a carne
  6. Refogue a carne de um lado e do outro até ela toda ficar morena
  7. Depois de bem refogada tire a carne e coloque em uma forma
  8. Na panela em que está o resto do alho com o alecrim e a cebola acrescente a cerveja e a água
  9. Acerte o sal e deixe ferver
  10. Coloque este molho da cerveja na forma onde está a carne
  11. Tampe com papel alumínio para o molho da carne não secar rápido
  12. Deixe no forno por 2 horas, virando a carne na metade do tempo
  13. Caso o molho seque acrescente mais cerveja com água, regando a carne
  14. Corte a carne em pedaços e volte com ela para a forma sem o molho da cerveja
  15. Reserve o molho em um recipiente
  16. Volte a carne para o forno desligado, apenas para manter a temperatura
  17. Passe o molho em uma peneira para ele ficar limpo
  18. Coloque o molho ao fogo, dissolva a farinha de trigo em meio copo de água
  19. Quando o molho estiver quase fervendo coloque a farinha de trigo e mexa sem parar
  20. Quando o molho estiver meio grosso acrescente o creme de leite e sirva com a carne de cordeiro


Fonte da receita: Tudo Gostoso (contém adaptações)
Com informações de: Canal Rural UOL, Milkpoint, NCBI e Sebrae Mercados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *